Em algum momento você já deve ter ouvido alguém falar que passa/passou com psicólogo, ou terapeuta ou até mesmo psiquiatra e ficou se perguntando: “Mas, qual é a diferença entre eles”? Essa dúvida é muito mais comum do que imagina, por isso, no texto de hoje vou explicar a diferença entre psicólogo, psicoterapeuta, terapeuta, psiquiatra e psicanalista.
Apesar de todas essas áreas ter como foco o ser humano, buscando trabalhar com a sua saúde mental, mudanças de comportamento para melhorar seu bem-estar e qualidade de vida, a diferença entre essas profissões é em relação a formação e ao modo de trabalho. Isso não significa que uma é melhor que outra, mas sim que existem diversos profissionais que podem ajudar e a pessoa escolhe quem mais se identifica. Sabe quando você passa com médicos diferentes e percebe que cada um trabalha de uma forma específica e você percebe que gostou mais de um do que do outro? Então é mais ou menos o mesmo que ocorre com essas profissões. Então, vamos conhecer um pouco mais sobre cada profissional.

– Psicólogo/Psicoterapeuta: É o profissional formado em psicologia, ciência que estuda a mente e o comportamento humano. Busca tratar tanto dificuldades emocionais, quanto comportamentais em diferentes contextos. O psicólogo pode exercer suas funções em empresa, escola, hospital, ONGs, clínica, entre outros. Já o psicoterapeuta é o psicólogo que trabalha na área clínica, local onde o paciente vai até o consultório para falar sobre suas dificuldades e problemas, e através da psicoterapia busca entender os mesmos e a melhor forma de conseguir lidar e resolvê-los.

– Terapeuta: Esse é mais abrangente, pois é o profissional que fez curso de técnicas terapêuticas, como massoterapia, reiki, florais, arte-terapia, acupuntura, bioenergética, entre outros. Nessa área é comum utilizar outras formas para “acessar” a queixa do cliente, como o próprio toque ou outros objetos, onde irá auxiliar no autoconhecimento, bem-estar e qualidade de vida do mesmo.

– Psiquiatra: É o profissional formado em medicina que, após o término do curso, faz a especialização em psiquiatria. É o único profissional que pode realizar diagnóstico e receitar medicamentos para o tratamento de diversos transtornos. Na maioria dos casos é indicado realizar tratamento tanto com psiquiatra, quanto com psicólogo.
 
– Psicanalista: Conhecido também como analista, é o profissional (de diferentes áreas, como medicina, por exemplo) que faz especialização em psicanálise e trabalha seguindo a linha de teoria do Freud. O psicanalista trabalha com diversas questões relacionadas com o inconsciente, infância, repressão, entre outros.

Todas essas áreas proporcionam diversos benefícios para o cliente/paciente, por isso que é a própria pessoa que busca o trabalho que se identifica mais e que sente melhores resultados.

PsicON – A Psicologia conectada com você

Autor: Franciane Rodrigues

 

Anúncios